Força Nacional deve permanecer por mais 90 dias em região do Distrito Federal

Operação é ação conjunta do governo federal e da Secretaria de Segurança de Goiás. Desde setembro, 133 homens e mulheres reforçam a segurança de cidades goianas

Agência Brasil |

Agência Brasil

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, prorrogou por mais 90 dias a permanência da Força Nacional de Segurança na região do Entorno do Distrito Federal (DF). Desde setembro, 133 homens e mulheres reforçam a segurança na área, considerada uma das mais violentas do Estado. A portaria autorizando a prorrogação foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União. 

Leia também:  Força Nacional atuará em dez Estados para evitar conflitos indígenas

A Operação Divisa Segura é uma ação conjunta do governo federal, por meio da Força Nacional de Segurança Pública, e da Secretaria de Segurança de Goiás. O Entorno do Distrito Federal reúne, em sua maioria, cidades goianas. A Força Nacional reforça o policiamento no DF.

Os homens da força fazem patrulha nas divisas entre o DF e os Estados de Minas Gerais e Goiás para combater o tráfico de drogas, roubo de carros e os sequestros relâmpagos. Desde setembro, as autoridades do Distrito Federal apelaram para que o reforço fosse mantido por, pelo menos, três meses. O pedido foi atendido pelo Ministério da Justiça.

Em Goiás, a Força Nacional de Segurança atua principalmente em cinco municípios que registram os maiores índices de homicídio. De acordo com o governo do Distrito Federal, o efetivo é suficiente para cobrir o território, mas não para policiar a divisa com Goiás. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do DF, há um déficit de policiais na região.

Pelo levantamento da secretaria, de cada três furtos de veículos registrados na capital federal, um é praticado por criminosos que fogem para o Entorno. Na tentativa de reduzir os furtos e roubos, a pedido do Distrito Federal deverá ser reativado o gabinete de gestão integrada e a retomada das reuniões conjuntas.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG