Justiça reduz pena para pilotos do jato Legacy

Pena será de três anos e um mês e em regime aberto. Joseph Lepore e Jean Paul Paladino pilotavam jato que colidiu com avião da Gol em 2006, matando 154 pessoas

Agência Estado |

Agência Estado

Por dois votos a um, o Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF1) reduziu nesta segunda-feira (15) para três anos e um mês a pena de quatro anos e quatro meses de prisão aplicada pela Justiça Federal de Mato Grosso contra os pilotos americanos Joseph Lepore e Jean Paul Paladino. Eles pilotavam um jato Legacy que colidiu com um avião da Gol em 2006, matando 154 pessoas.

A pena será cumprida em regime aberto, ou seja, os condenados podem trabalhar, mas devem se apresentar periodicamente à Justiça e cumprir uma série de outras exigências. O Tribunal, no entanto, não permitiu a transformação da pena em prestação de serviços alternativos.

Leia também:
Lembranças do acidente da Gol são diárias, diz viúva
Familiares de vítimas do acidente da Gol lançam campanha
Irmã de vítima do acidente da Gol receberá indenização
Veja o especial do iG sobre acidentes aéreos

A terceira turma do TRF1 julgou dois recursos movidos pelo Ministério Público e Federal e pela Associação das Vítimas do Acidente do Avião Gol. Nesses processos, eles pediam aumento da pena dada aos pilotos americanos pela Justiça Federal de Mato Grosso em maio de 2011. A pena aplicada foi de quatro anos e quatro meses de prisão em regime semiaberto, depois convertida em pena alternativa. Os reclamantes também pediam a revogação da substituição da pena por serviços comunitários, que foi autorizada pela Justiça.

O acidente
O acidente ocorreu em 2006, quando o avião da Gol que saiu de Manaus com destino a Brasília e ao Rio de Janeiro se chocou com o jato Legacy sobre uma área densa da floresta amazônica. Todos os passageiros e tripulantes do avião da Gol morreram. Os pilotos do Legacy conseguiram fazer um pouso de emergência na Base Aérea da Serra do Cachimbo, no Pará.

    Leia tudo sobre: legacygolavião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG