Decisão impede 38 operadoras de vender 301 planos a novos segurados. Planos foram suspensos por não cumprimento de prazos para a marcação de consultas e procedimentos

Agência Brasil

A partir desta sexta-feira, 301 planos de saúde administrados por 38 operadoras estão proibidos de ser comercializados em todo o País. A suspensão foi anunciada na última terça-feira (3) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). De acordo com o órgão, a venda dos planos ficará suspensa até que as empresas se adequem à Resolução 259, que estabelece prazos máximos para a marcação de consultas, exames e cirurgias.

Entenda:  Governo decide suspender venda de 301 planos de saúde no País

Mais:  Associação classifica suspensão de planos de saúde como 'ingerência'

Dados indicam que entre julho e setembro foram registradas mais de 10 mil reclamações referentes ao não cumprimento dos prazos estabelecidos. A ANS informou que quem já é beneficiário dos planos suspensos não terá o atendimento prejudicado.

A suspensão consiste em impedir as operadoras de vender os planos a novos segurados. Para o Ministério da Saúde, a medida permite que a operadora se organize e passe a garantir os prazos estabelecidos. Veja aqui a lista das operadoras com planos supensos

A orientação do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) para quem vai contratar um plano de saúde é fazer uma pesquisa no site da ANS. Com o nome ou o registro da operadora, é possível saber a situação do plano e o índice de reclamação dos consumidores.

"Ingerência"

Em nota, a Associação Brasileira de Medicina de Grupo (Abramge) questionou o processo de análise e de decisões que levaram a agência a suspender os 301 planos e disse que vai tomar medidas contra a ação, que considerou uma “ingerência” no setor .

A Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) informou que apoia iniciativas que levem à maior transparência para clientes de planos de saúde e ressaltou que os planos suspensos atendem a um total de 3,6 milhões de beneficiários.

Mais:
Entra em vigor nova regra para plano de saúde de aposentado e demitido
Justiça obriga convênios a informar mudanças na rede de atendimento
Planos de saúde não podem fixar limite com despesa hospitalar, decide STJ
Novas coberturas de planos de saúde entram em vigor
Planos de saúde têm prazo para agendar consultas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.