Diplomata italiano sofre sequestro relâmpago em Brasília

Marcus Chimullo, de 37 anos, foi abordado na 408 Sul e liberado 30 minutos depois. Local foi palco de ação contra a filha de Marcelo Crivella em agosto deste ano

iG São Paulo |

Um diplomata italiano foi vítima de um sequestro relâmpago na noite de terça-feira (2), no centro de Brasília. Segundo o 5º Batalhão da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, Marcus Chimullo, de 37 anos, foi abordado por dois homens armados na quadra 408 Sul, região central.

Em agosto deste ano, a filha do ministro da Pesca , Marcelo Crivella, também foi abordada por assaltantes no mesmo local. Ainda segundo o registro da ocorrência, o italiano saía de um edifício, por volta das 21h40, quando foi abordado. Armados, os criminosos entraram no carro da vítima, modelo Toyota preto. 

Relembre:  Filha de ministro escapa de sequestro relâmpago em Brasília

Ele foi solto 30 minutos depois em um comércio da região de Ceilândia Norte, onde conseguiu pedir ajuda e acionar a Polícia Militar. Os criminosos fugiram com o carro da vítima, que possui placa oficial da embaixada da Itália. Até o momento, ninguém foi preso. Caso será investigada pelo 1º Distrito Policial da região. 

    Leia tudo sobre: sequestro relâmpagodiplomatabrasília

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG