Governador de Illinois visita São Paulo e defende fim de visto para brasileiros

Pat Quinn almoçou com empresários do setor de turismo em São Paulo e afirmou que os EUA não deveriam exigir visto de entrada de povos com quem possuem 'amizade há séculos'

Agência Estado |

Agência Estado

O governador do Estado norte-americano Illinois, Pat Quinn, esteve nesta segunda-feira (24) em São Paulo e almoçou com empresários do setor de turismo, em uma tentativa de incentivar mais brasileiros a visitarem sua região. Ele defendeu o fim da necessidade de visto para os turistas brasileiros entrarem nos Estados Unidos.

Leia também: 
Brasil e EUA assinam declaração de intenção para acabar com vistos
EUA evitam assumir prazo para isenção de vistos

Quinn afirmou que está trabalhando para que o visto não seja mais exigido dos turistas brasileiros. "Nós queremos que mais brasileiros venham para os Estados Unidos, especialmente Illinois, e acho que precisamos ter mais ênfase no Visa Waiver, principalmente para países amigos, povos com que temos amizade há séculos. Eu estou comprometido em tentar mudar as regras para que mais brasileiros possam vir para os Estados Unidos".

Visa Waiver é um programa do governo americano que permite a cidadãos de determinados países ingressar nos EUA para viagens a turismo ou negócios de até noventa dias, sem a necessidade de obtenção prévia de visto. Segundo dados apresentados pelo governo de Illinois, 1,5 milhão de brasileiros visitaram os EUA em 2011, mas apenas 4% desse total passaram por seu Estado.

Quinn, que é o primeiro governador de Illinois a visitar o Brasil, fez uma forte propaganda de seu Estado. "Nós estamos no meio dos Estados Unidos e se você realmente quer conhecer os americanos, entender os americanos, Illinois é o lugar para visitar. Às vezes, os brasileiros vão para Flórida, Nova York, Califórnia ou Las Vegas. Mas se você realmente quer conhecer a América, venha para Illinois", disse.

Bolsas
Quinn também afirmou que está conversando com empresas de Illinois para a concessão de bolsas de estudo para alunos brasileiros. "Nós queremos que as universidades de Illinois estejam muito abertas para os estudantes brasileiros. Várias companhias do nosso Estado oferecem bolsas de estudo para estudantes brasileiros. Não queremos que a questão financeira desencoraje ninguém a vir estudar em Illinois".

Após o encontro com empresários do setor de turismo, Quinn teve uma reunião com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. Na terça-feira (25) ele vai para Brasília, onde se encontra com os ministros de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, e dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. Ele também terá reuniões com o secretário de Educação Superior, Amaro Lins, com o presidente do Centro Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Glaucius Oliva, e com o presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Jorge Guimarães.

Durante a visita ao Brasil, o governador de Illinois deve assinar oito memorandos de entendimento, envolvendo acordos no setor de biotecnologia, educação, ecologia e turismo. A última etapa da viagem de Quinn será no Recife, na quarta-feira (26).

    Leia tudo sobre: vistoillinoisestados unidos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG