Incêndio em sala da Gol atrasa voos em Brasília

Fogo foi causado por um curto circuito em sala localizada atrás da seção de check-in, no saguão de embarque

Agência Estado |

Agência Estado

Um incêndio causado por um curto circuito em uma sala da Gol Companhias Aéreas complicou a vida de passageiros no Aeroporto Internacional de Brasília, no Distrito Federal, na manhã desta quarta-feira. Alguns voos sofreram atrasos e outros precisaram ser cancelados porque as chamas danificaram o sistema elétrico, impossibilitando os check-ins. De acordo com a companhia, a situação foi normalizada no início da tarde.

A Infraero do Aeroporto JK informou que a ocorrência teve início por volta das 2h50 da madrugada desta quarta-feira em uma sala da Gol. O ambiente fica atrás da seção de check-in, no saguão de embarque. Nenhuma pessoa ficou ferida.

As chamas danificaram o sistema elétrico e deixaram inoperante o sistema que registra a chegada e saída dos passageiros. A alternativa encontrada pela companhia foi realizar os check-ins manualmente ao longo de toda a manhã, afirma a Gol em nota.

Segundo a Infraero, a situação foi normalizada no início da tarde. A Gol, no entanto, não confirmou se o sistema de check-in eletrônico voltou a operar. A empresa apenas afirmou que toma as medidas necessárias para atender aos clientes da melhor forma possível até que a situação seja completamente normalizada.

Aqueles que tiveram sua viagem cancelada serão reacomodados em outro voos da companhia. Os clientes com voos previstos em Brasília durante toda a quarta-feira, devem chegar ao aeroporto com antecedência, conforme recomendação da empresa.

Não há interdições no saguão do JK e a Infraero registrou, no início da tarde, apenas 3% de atrasos em voos da companhia.

    Leia tudo sobre: incêndiogolaeroporto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG