Servidores do Incra mantém greve em 13 superintendências

Trabalhadores de 17 sucursais aceitaram proposta de pagamento dos dias descontados. Confederação nacional deve delinear estratégia para encerrar paralisação

Agência Brasil |

Agência Brasil

Apesar do acordo firmado na sexta-feira da semana passada (14), entre o governo e os grevistas do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), 13 das 30 superintendências regionais vão manter a paralisação pelo menos até terça-feira (18).

Leia mais:  Governo paga 50% dos dias descontados de parte dos servidores grevistas

Na sexta, os trabalhadores de 17 superintendências aceitaram a proposta de pagamento dos dias descontados devido à greve, em parcela única, no contra-cheque de outubro. Os trabalhadores se comprometeram a repor as atividades prejudicadas pela paralisação de 85 dias.

Segundo a Confederação Nacional das Associações dos Servidores do Incra (Cnasi), esse acordo foi firmado depois da concordância do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, pasta à qual o Incra é subordinado.

Greve de servidores precisa ter regras, diz ministra do Planejamento
Impasse entre governo e servidores continua em 12 categorias

Até o final do dia, a Cnasi deverá delinear a estratégia para o encerramento da greve nas superintendências paradas. Os funcionários estão em greve desde dia 25 de julho. Desde então, foram realizadas nove reuniões, nas quais não se chegou a consenso sobre aumentos salariais.

    Leia tudo sobre: greve dos servidoresincraacordos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG