Traficante ligado a Beira-Mar é preso no Paraguai

Responsável por esconder drogas e armas e depois enviá-las ao Brasil será extraditado

iG São Paulo |

Agentes da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad), com apoio das forças armadas daquele país, prenderam o traficante Mario Pucheta, 49 anos, numa fazenda perto da fronteira com o Brasil. O detido é considerado um dos principais auxiliares logísticos de Fernandinho Beira-Mar, líder da organização criminosa Comando Vermelho no Brasil.

Leia também: Beira-Mar quer participar de campanha contra o crack, diz ONG

Pucheta usava também as identidades de Jorge Fretes e Juan Pucheta Martinez. Segundo as investigações conjuntas dos dois países, era encarregado de esconder grandes quantidades de drogas e armas para posteriormente enviar o material ao Brasil.

O traficante estava nunca casa confortável com lago artificial, piscinas, quadras de futebol, animais silvestres e um criatório de jacaré.

A polícia entrou na casa com uma ordem de captura internacional expedida pela Justiça do Paraguai. Após a prisão, o traficante foi levado para a base de operações da Senad, onde vai aguardar a extradição para o Brasil.

Divulgação
Traficante vivia em casa confortável em fazenda na fronteira do Brasil com o Paraguai

    Leia tudo sobre: tráficoprisãoparaguaicomando vermelhotraficante

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG