Filha de ministro escapa de sequestro relâmpago em Brasília

Deborah Crivella, de 30 anos, foi rendida por criminoso armado e obrigada a dirigir até Ceilândia, onde conseguiu fugir. Vítima é filha do ministro da Pesca, Marcelo Crivella

iG São Paulo | - Atualizada às

Deborah Crivella, de 30 anos, filha do ministro da Pesca, Marcelo Crivella , sofreu uma tentativa de sequestro relâmpago na tarde de quarta-feira (22), em Brasília, no Distrito Federal. Rendida por um homem armado, ela foi obrigada a dirigir até Ceilândia, região de chácaras, onde conseguiu fugir. 

Em seu perfil na rede social Twitter, Deborah explicou como aconteceu:

Reprodução/Twitter
Deborah Crivella conta que sequestrador chorou ao ouvir músicas gospel


Segundo a Polícia Civil de Brasília, durante depoimento, Deborah afirmou ter sido abordada por um homem armado quando estacionava seu carro em frente a uma loja, na 408 Asa Sul. O suspeito estaria armado com uma arma de fogo, do tipo revólver.

Leia também:  Universitária sofre sequestro relâmpago na zona leste de São Paulo

O veículo foi levado pelo criminoso que, até o momento, continua foragido. A filha do ministro foi socorrida por uma pessoa que estava próxima ao local e levada para ao 1º DP, onde o caso é investigado pela delegada Mabel Alves de Faria.

Twitter

Deborah utilizou o perfil do Twitter para novos detalhes sobre o sequestro. Segundo ela, o homem chorou ao ouvir música gospel. “Hoje durante o meu sequestro, pedi para o bandido para eu ligar Suas musicas... Ele foi ouvindo e chorando.” A família Crivella é evangélica e o ministro é bispo da Igreja Universal do Reino de Deus.


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG