EUA evitam assumir prazo para isenção de vistos

"Posso sentar aqui e dizer que em seis meses tudo vai estar certo? Não", diz secretária americana Janet Napolitano. Brasil precisa atender exigências para alcançar isenção

iG São Paulo |

A secretária do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos, Janet Napolitano, disse nesta quinta-feira que o Brasil precisa atender algumas exigências a fim de que possa haver isenção de visto entre os dois países. "Posso sentar aqui e dizer que em seis meses tudo vai estar certo? Não", disse.

A declaração foi dada durante visita nesta manhã à Câmara Americana de Comércio (Amcham), em São Paulo. "Posso dizer que é algo em que estamos interessados e vamos nos certificar de que isso ocorra, e vamos trabalhar nesse sentido? Com certeza."

Leia também:  Brasil e EUA assinam declaração de intenção para acabar com vistos

Na quarta-feira (11), em Brasília, Napolitano e o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Antonio Patriota, fecharam um acordo para a criação de um grupo de trabalho que irá discutir medidas visando o fim da exigência de visto entre os dois países .

De acordo com o Itamaraty, a primeira reunião do grupo deve ocorrer em Washington até novembro deste ano - mesmo mês em que o país realiza eleições presidenciais para escolher o sucessor de Barack Obama. O grupo, que será composto por representantes de ambos os governos, deverá discutir "um controle imigratório mais expedito e iniciativas relativas à isenção de vistos entre os dois países".

Nesta quinta-feira, o consulado geral dos Estados Unidos da América em São Paulo, divulgou algumas notas explicativas sobre vistos e viagens de brasileiros aos Estados Unidos. Segue abaixo a reprodução das informações:

"Brasil e EUA anunciaram na quarta-feira, 11 de julho, a criação de um grupo de trabalho para assuntos relativos a vistos (GVT), incluindo iniciativas visando à isenção de vistos entre os dois países;

A primeira reunião do GTV deverá ser realizada em Washington D.C., EUA, até novembro de 2012;

Atualmente o Brasil não se qualifica para participar do Programa de Isenção de Visto (Visa Waiver). Confira os 36 países que hoje participam do programa e quais são os requisitos ;

Outra medida sendo considerada pelos dois governos para facilitar viagens é o Global Entry , programa que possibilita que passageiros que já possuem visto passem apenas por um quiosque automatizado ao invés de ficarem na fila da imigração ao chegarem nos EUA;

A embaixada e os consulados dos EUA no Brasil processaram 566.173 vistos no acumulado do ano, aumento de 36% frente ao mesmo período de 2011. Em 2011, a embaixada e os consulados processaram 944.868 vistos, aumento de 51% em relação ao ano anterior;

O tempo de espera para agendamento de entrevista caiu drasticamente depois da implementação do novo sistema de solicitação de visto em abril e atualmente encontra-se em torno de 2 dias ;

De acordo com o Departamento de Comércio dos EUA, 1,8 milhão de brasileiros devem visitar os EUA este ano, 18% mais que em 2011;

Desconsiderando-se países com os quais os EUA tem fronteira, Brasil foi o 4º país que mais enviou turistas para os EUA no ano passado, atrás somente de Reino Unido, Japão e Alemanha;

Cada brasileiro gasta em média cerca de 5 mil dólares por viagem. Em 2011, Brasil foi o 3º país que mais gastou nos Eua, atrás de Japão e Reino Unido, novamente desconsiderando-se países com os quais os EUA fazem fronteira (Canadá e México)"

Leia mais:
É preciso “muita conversa”, diz ministro dos EUA sobre isenção de vistos
EUA anunciam projeto para facilitar passagem de brasileiros pela 'imigração'
Aumentos: Número de vistos para os EUA cresce 56% no primeiro trimestre
Vistos: EUA mudam o sistema para solicitação de vistos no Brasil

* Com AE

    Leia tudo sobre: Visto americanoisenção do vistobrasileua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG