Crianças afogadas em piscina de creche em Goiás apresentam melhora clínica

Estado de saúde de crianças de cerca de 2 anos ainda é grave. Elas caíram na piscina a creche que frequentavam na região de Serrinha, em Goiânia

Agência Estado |

Agência Estado

As duas crianças que se afogaram na piscina de uma creche na região de Serrinha, em Goiânia, apresentaram melhora clínica nesta terça-feira (03). As duas crianças seguem internadas em hospitais de Goiânia.

O caso:  Duas crianças se afogam em creche em Goiânia

Embora tenham sido resgatadas com vida, o menino de dois anos de idade, e a menina, de 1,9 ano, sofreram parada cardiorrespiratória. 

O médico Henrique Gomide revelou que o estado do menino, internado no Instituto Goiano de Ortopedia (IGO), teve boa evolução. Ele respira por aparelhos, seu estado é grave, mas deixou de ser gravíssimo.

No Hospital da Criança, a menina se recupera, continua internada, e o quadro clínico está em evolução, mesmo com status de grave, segundo boletim médico.

    Leia tudo sobre: Goiâniacrechecrianças afogadas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG