Aposentado fica 4 dias desaparecido após ser jogado de ribanceira em assalto

Homem relatou que foi jogado nu de um barranco na região de Sobradinho, no Distrito Federal, por dois assaltantes. Ele sobreviveu apenas bebendo água de um córrego

Agência Estado |

Agência Estado

Um homem de 61 anos foi encontrado na tarde desta quinta-feira (28) após quatro dias desaparecido. José Judson Santada Correa relatou ter sido jogado nu de um barranco por assaltantes na região de Sobradinho 2, localizada a 22km de Brasília, no Distrito Federal. Ele sobreviveu sem alimentos, apenas bebendo água de um córrego.

Leia também:  Em São Paulo, homem é atirado no Rio Pinheiros após assalto

O aposentado de 61 anos estava desaparecido desde o último domingo, 24. A família do homem registrou o sumiço na manhã da segunda-feira (25) na Divisão de Repressão a Sequestros da Polícia Civil do Distrito Federal. Os agentes civis iniciaram a busca, mas quem encontrou o homem foi um morador da região.

Segundo informações do delegado diretor da Divisão, Leandro Ritt, Correa efetuava transporte irregular na região de Sobradinho. Na tarde do domingo, o aposentado deu carona para dois homens que, ao entrarem no veículo, um Fiat Uno, anunciaram o assalto.

Correa foi obrigado a dirigir por uma região de mata e, de acordo com Ritt, os suspeitos iriam matá-lo. O aposentado teve suas roupas e objetos pessoais roubados e os dois ladrões amarraram suas mãos para trás com uma camisa e o jogaram de uma ribanceira. O delegado não soube definir a altura da qual o idoso foi arremessado.

Correa chegou a ficar desacordado por algumas horas, após a queda e disse que conseguiu caminhar até um riacho. Com dores ele não conseguiu mais sair do local, onde permaneceu por quatro dias se alimentando apenas com água.

    Leia tudo sobre: NACIONALGERAL

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG