Polícia de SC prende mãe que agenciava encontros sexuais da filha de 10 anos

Mãe é acusada de levar a filha para ter relações sexuais com um homem de 47 anos, que pagava R$ 200 por encontro. Os dois foram indiciados pelo crime de estupro de vulnerável

iG São Paulo | - Atualizada às

A Polícia Civil de Santa Catarina prendeu na tarde desta quinta-feira, na cidade de Laguna, Beatriz da Silva, 27 anos, e Ernani Souza Zanella, 47 anos, indiciados pelo crime de estupro de vulnerável contra uma criança de 10 anos.

Leia também: 
Adolescente diz ter sido estuprada na escola por três dias no Distrito Federal
Sete são indiciados por estupro de menina de 13 anos em Sorocaba 

Divulgação/Polícia Civil
O indiciado pelo crime ao ser transferido da delegacia

Segundo a polícia catarinense, a criança era levada pela mãe para encontros sexuais com Zanella, que pagava a quantia de R$ 200 ao final de cada noite. O suspeito levava as duas a uma residência localizada em Nova Fazenda, em Laguna, onde tinha relações sexuais com a menor.

O crime chegou ao conhecimento da polícia após a diretora da escola onde a vítima estuda acionar o conselho tutelar. A menina, que reconheceu fotograficamente e pessoalmente o agressor, está sendo atendida por uma psicóloga.

Zanella foi encaminhado à Unidade Prisional Avançada (UPA), de Laguna, e Beatriz foi conduzida para o Presídio Feminino de Tubarão.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG