Meta do governo é imunizar 24,1 milhões de pessoas em todo o país, o equivalente a 80% do público-alvo

Idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a 2 anos incompletos, grávidas em qualquer período da gestação, índios e profissionais de saúde têm até hoje (1º) para procurar os postos de saúde e se vacinar contra a gripe.

Leia também: Apenas três Estados alcançam meta de vacinação contra gripe

A meta do governo é imunizar 24,1 milhões de pessoas em todo o país, o equivalente a 80% do público-alvo. Até ontem (31), apenas três Estados haviam alcançado a marca: Santa Catarina (85,92%), Acre (81,7) e Alagoas (80,16%). O último balanço indica que 20,6 milhões de pessoas foram vacinadas (68,34% do público-alvo).

Hoje é último dia para vacinação contra gripe
Agência Brasil
Hoje é último dia para vacinação contra gripe
A dose protege contra os três tipos de vírus que mais circularam no Hemisfério Sul em 2011, inclusive o causador da influenza A (H1N1) – gripe suína.

Os grupos foram escolhidos para tomar a vacina depois que estudos demonstraram que eles são mais suscetíveis a doenças respiratórias. Crianças que serão imunizadas pela primeira vez devem tomar duas doses, com intervalo de 30 dias. Aquelas que já receberam uma ou duas doses da vacina no ano passado devem receber apenas uma este ano. Os demais grupos devem tomar dose única.

A vacina não é recomendada para quem tem alergia à proteína do ovo ou apresentou reações adversas às doses anteriores. Pacientes com doenças agudas, neurológicas ou febre devem consultar um médico antes de tomar a vacina. O Ministério da Saúde garante que a dose não provoca efeitos colaterais. A pessoa pode sentir apenas dor leve ou sensibilidade no local da injeção.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.