Operação Trator é realizada em oito Estados e prendeu, até as 11 horas, 13 pessoas

A Polícia Federal (PF) prendeu esta manhã 13 pessoas acusadas de integrar uma organização criminosa dedicada ao tráfico internacional de drogas. Além de 18 mandados de prisão temporária expedidos pela Justiça Federal na Subseção de Barra do Garças (MT), os 120 policiais federais envolvidos na Operação Trator, deflagrada hoje (29), em oito Estados, deverão cumprir 22 mandados de busca e apreensão.

As ações policiais estão concentradas em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, no Ceará, Rio Grande do Norte, Pará, em Rondônia e São Paulo. Cinco das 13 pessoas já detidas foram presas em Mato Grosso. Segundo a PF, já foram apreendidos 30 quilos de cocaína, 75 quilos de maconha e vários veículos de luxo.

De acordo com nota divulgada pela PF, a organização criminosa recebia na fronteira do Brasil com a Bolívia a maconha e a cocaína vinda do exterior. Dali, a droga era distribuída para vários Estados brasileiros. Os criminosos usavam as rodovias que passam próximas à cidade de Barra do Garças como rotas para escoamento da droga, que era escondida em rodas de tratores, daí o nome da operação.

Ainda durantes a fase de investigações, a PF prendeu em flagrante seis pessoas suspeitas de integrarem o esquema. As investigações também já haviam resultado na apreensão de cerca de 300 quilos de cocaína e 100 quilos de maconha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.