Thor Batista não foi multado porque sistema do Detran estava fora do ar

Filho de Eike Batista foi flagrado dirigindo carro sem placa no último domingo

AE |

selo

Pablo Jacob/Agência O Globo
Thor Batista, filho do empresário Eike Batista e da modelo Luma de Oliveira
O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do Rio de Janeiro informou nesta quarta-feira que o filho do empresário Eike Batista, Thor Batista, de 20 anos, não foi autuado por estar dirigindo veículo sem placa na tarde do último domingo (6). O motivo: o sistema do órgão estava fora do ar.

Leia também : Ferrari de Thor, filho de Eike, é apreendida por estar sem placa dianteira

Conforme informações do Detran, Thor foi parado por uma blitz do Detran na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. O motivo da ação foi porque a Ferrari, modelo 458, estava sem a placa dianteira.

Os agentes do Departamento não conseguiram acessar o sistema para concluir a multa, mas o veículo foi apreendido. A assessoria de imprensa do Detran não soube dizer por quanto tempo o sistema ficou fora do ar no último domingo, ao menos quais regiões do Rio foram afetadas pela falha.

Ao ser questionado sobre a procedência do caso, o Detran afirma que o veículo sem placa havia sido transferido de São Paulo para o Rio e, caso o carro ainda esteja no prazo de transferência de proprietário, a irregularidade deixa de existir.

Leia também : Filho de Eike Batista se envolve em acidente com morte em rodovia no Rio

Segundo o Detran do Rio, toda vez que um carro passa por uma transferência de proprietários entre Estados, a placa deve ser alterada para correção do atual endereço. O prazo para a troca de placas, a partir do documento de compra e venda, é de 30 dias, segundo o Detran do Rio. Neste caso, uma empresa de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, era a proprietária da Ferrari.

O departamento apura a data do documento de compra e venda da Ferrari de Thor para então afirmar se o veículo estaria realmente irregular. O órgão afirma ainda que há diferentes medidas entre os Departamentos Estaduais de Trânsito do Brasil. Para tanto, o caso está sendo apurando de acordo com o Detran de São Paulo para que a decisão tomada seja de acordo com o órgão dos dois Estados.

O jovem aguarda a conclusão do inquérito sobre o atropelamento do ciclista Wanderson dos Santos, em março. Santos morreu ao ser atingido pelo Mercedes de Thor na Baixada Fluminense.

    Leia tudo sobre: acidentethor batistaeike batista

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG