Secretário de Segurança lamenta morte de delegados em Goiás

Para João Furtado de Mendonça Neto, prioridade é a recuperação dos corpos das vítimas da queda da helicóptero no interior de Goiás

iG São Paulo |

O secretário de Segurança Pública e Justiça de Goiás, João Furtado de Mendonça Neto, lamentou o acidente envolvendo sete servidores da instituição, entre delegados, peritos e pilotos, que morreram na queda do helicóptero da Policia Civil, nesta terça-feira, em uma fazenda em Piranhas, município distante 325 quilômetros de Goiânia (GO). O grupo participava da reconstituição da chacina que ocorreu em Doverlândia, no final de abril .

A queda: Helicóptero que fazia reconstituição de chacina cai e mata oito em Goiás
Buscas:
Resgatado corpo de helicóptero que caiu em Goiás

AE
Equipe de resgate entra em mata no interior de uma fazenda de Piranhas, a 325 quilômetros de Goiânia (GO), na noite de terça-feira, na tentativa de localizar helicóptero
O secretário, que foi ao local onde houve a queda do helicóptero Koala da Polícia Civil, disse que a prioridade no momento é resgatar os corpos das vítimas. “Neste momento aguardamos o trabalho dos representantes do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) para iniciarmos a recuperação dos despojos das vítimas. Essa é a nossa maior prioridade: devolver nossos colegas às famílias”, disse Furtado.

Mendonça Neto afirmou que este é o momento mais difícil que passa desde que assumiu o cargo, no início do ano passado, e agradeceu o apoio da sociedade goiana. “O povo goiano é maravilhoso, solidário e generoso. Nossa equipe tem recebido todo apoio”, afirmou. “Oremos para que tenham paz os colegas que partiram enquanto trabalhavam elucidando um tão grave crime. Oremos por suas famílias.”, finalizou.

Resgate

Apenas o corpo do delegado Vinicius Batista da Silva, de 33 anos, foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros na manhã desta quarta-feira . O delegado era titular em Iporá (GO) e presidia o inquérito policial que investiga a chacina de Doverlândia. De acordo com os bombeiros, o resgate do corpo do delegado foi possível porque estava fora da aeronave. Os outros sete corpos estão no interior do helicóptero e serão resgatados após liberação do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG