Resgatado corpo de helicóptero que caiu em Goiás

Corpo de Vinicius da Silva estava fora da aeronave. Vítimas participavam da reconstituição da chacina em Doverlândia, em abril

AE |

selo

O corpo de Vinicius Batista da Silva, de 33 anos, foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros na manhã desta quarta-feira. O delegado era titular em Iporá (GO) e fazia parte do grupo de oito passageiros do helicóptero da Policia Civil que caiu ontem, por volta das 16h, em uma fazenda em Piranhas, município distante 325 quilômetros de Goiânia (GO). O grupo participava da reconstituição da chacina que ocorreu em Doverlândia, no final de abril.

Leia mais: Sete pessoas morrem em chacina em Goiás

AE
Equipe de resgate entra em mata no interior de uma fazenda de Piranhas, a 325 quilômetros de Goiânia (GO), na noite de terça-feira, na tentativa de localizar helicóptero
De acordo com os Bombeiros, o resgate do corpo do delegado foi possível porque estava fora da aeronave. Os outros sete corpos estão no interior do helicóptero e serão resgatados após liberação do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa). Vinicius Batista presidia o inquérito policial que investiga a chacina de Doverlândia.

Além dele estavam no helicóptero Antônio Gonçalves Pereira dos Santos, superintendente da Polícia Judiciária; Bruno Rosa Carneiro, delegado e chefe-adjunto do Grupo Aeropolicial; Osvalmir Carrasco Melati Júnior, piloto da aeronave; Jorge Moreira da Silva, delegado Estadual de Repressão a Roubos de Cargas; Marcelo de Paula Oliveira, perito criminal; Fabiano de Paula Silva, perito criminal; e Aparecido de Souza Alves, acusado de matar sete pessoas na fazenda em Doverlândia.

O caso

Wildes Barbosa/ O Popular/ AE
O suspeito Aparecido Souza Alves durante reconstituição do crime em Doverlândia (arquivo)
Sete pessoas foram degoladas na cidade de Doverlândia, a 340 km de Goiânia. A chacina ocorreu no sábado (28) à noite em uma fazenda da região.

As vítimas foram o proprietário da fazenda, de 57 anos, seu filho, de 22 anos, um empregado da propriedade rural, de 34 anos, e quatro vizinhos que tinham ido ao local para entregar um presente de casamento.

Os corpos do fazendeiro e de seu filho foram encontrados dentro de um banheiro da propriedade por outros vizinhos que passaram pelo local e estranharam o silêncio, a porta fechada e a ausência dos proprietários.

Os restos mortais das outras cinco vítimas foram encontradas horas depois nas proximidades. Aparentemente, os vizinhos - o proprietário de outra fazenda, sua esposa, seu filho e sua nora - chegaram quando o crime já tinha sido consumado, mas enquanto os criminosos ainda estavam na residência.

    Leia tudo sobre: chacinadoverlândiahelicópteroacidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG