São Paulo vacina contra a gripe 300 mil em três horas

Campanha acontece em todo o País. Hoje cedo, Alckmin vacinou Palmirinha e Serra

iG São Paulo |

O Estado de São Paulo vacinou 300,8 mil pessoas entre 8h e 11h neste sábado, segundo balanço preliminar da Secretaria da Saúde, durante a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe que teve início esta manhã em 65 mil postos de saúde espalhados pelo País.

Leia também:

Alimentos que previnem a gripe

Gripe eleva em 20% as internações de cardíacos

Cientistas produzem vacina contra todas as cepas da gripe

A abertura oficial da campanha na capital paulista teve a presença da apresentadora de TV Palmirinha Onofre – garota-propaganda da campanha em São Paulo – e do pré-candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra , no CRI (Centro de Referência do Idoso) na Zona Norte de São Paulo. Alckmin deu vacina nos dois.

Haroldo Junior/Futura Press/AE
Alckmin aplica a vacina na apresentadora Palmirinha em São Paulo na campanha de vacinação contra a gripe

Nas três primeiras horas da campanha foram vacinados 225,4 mil idosos com 60 anos ou mais, 42,9 mil crianças a partir dos seis meses e menores de dois anos de idade, 14,2 mil gestantes, 14,5 mil trabalhadores da saúde e 3,8 mil indígenas. Esses são os públicos-alvo da campanha.

Até 25 de maio a Secretaria pretende imunizar contra a gripe 5,3 milhões de paulistas, número correspondente à meta de 80% dos 6,6 milhões de pessoas que compõem o público-alvo da campanha. Além dos idosos com 60 anos ou mais, a imunização é válida para gestantes, crianças a partir de seis meses e menores de dois anos, indígenas e profissionais de saúde do Estado. A lista dos postos de vacinação da capital e região metropolitana da Grande São Paulo pode ser acessada pelo site www.cve.saude.sp.gov.br .

No País, a meta é imunizar 24,1 milhões de pessoas contra a gripe comum e também o vírus influenza A (H1N1), a gripe suína, até o dia 25 de maio.

As crianças que serão vacinadas pela primeira vez deverão tomar duas doses, com intervalo de 30 dias. Aquelas que já receberam uma ou duas doses da vacina no ano passado deverão receber apenas uma este ano. Os demais receberão dose única. Quem tem alergia à proteína do ovo ou já sofreu reações adversas ao receber doses anteriores da vacina - ou a um dos componentes - deve ter cautela e consultar um médico antes de ir ao posto de vacinação.

Segundo dados do Ministério da Saúde, 84% do público-alvo foi vacinado em 2011. Com isso, os óbitos pelo vírus influenza H1N1 caíram 64%. Ao todo, 53 mortes foram confirmadas, número bem menor em comparação às 148 ocorridas em 2010.

As clínicas privadas de vacinação são uma alternativa de se proteger contra a gripe para as pessoas que não podem ser vacinar nos postos públicos. Veja a relação das clinicas particulares no Brasil .

    Leia tudo sobre: campanha de vacinaçãogripe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG