Diplomata viajava sozinho de Brasília para Pirenópolis, onde tem uma casa, quando o veículo que dirigia bateu numa moto

selo

O ex-ministro e diplomata Sérgio Silva do Amaral envolveu-se em um acidente na noite desta sexta-feira na BR-414, na região de Cocalzinho, em Goiás. O diplomata viajava sozinho de Brasília para Pirenópolis, onde tem uma casa, quando o veículo que dirigia se chocou contra uma moto, conduzida pelo diretor do presídio de Formosa, Ari Rodrigues da Silva, de 43 anos, que morreu no local.

São Paulo: Veículo em alta velocidade capota e fere cinco

Leia também: Vazamento de ácido esvazia área do Porto de Salvador

O ex-ministro Sérgio Amaral se envolveu em acidente com morte na região de Cocalzinho, em Goiás
Tasso Marcelo/AE
O ex-ministro Sérgio Amaral se envolveu em acidente com morte na região de Cocalzinho, em Goiás

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Estado, Sérgio Amaral sofreu ferimentos leves e foi encaminhado para o Hospital de Urgências de Anápolis. Segundo boletim médico divulgado pelo hospital, o diplomata sofreu ferimentos na cabeça e está sendo tratado com sedativos e antibióticos. Seu estado não é grave, mas ele deve permanecer em observação por pelo menos 24 horas. 

Sérgio Amaral, de 67 anos, foi ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil entre agosto de 2001 e dezembro de 2002.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.