Morre diplomata brasileira que contraiu malária na África

Milena de Oliveira Medeiros, de 35 anos, morreu em Brasília após contrair malária em missão oficial ao continente africano

AE |

selo

A diplomata brasileira Milena de Oliveira Medeiros, de 35 anos, morreu hoje em Brasília após ter contraído malária durante uma missão oficial à África em novembro. Em nota divulgada no início da noite, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, manifestou solidariedade à família, disse que a diplomata "exerceu suas funções com grande dedicação e sentido de dever" e que tinha uma carreira promissora.

No Itamaraty desde 2009, Milena esteve em Malabo, capital da Guiné Equatorial, onde provavelmente contraiu a doença. Ela começou a passar mal uma semana após ter retornado ao Brasil. Internada desde o início de dezembro, a diplomata morreu na manhã de hoje.

    Leia tudo sobre: diplomatamaláriamortediplomaciaÁfrica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG