2º Jornada de Cinema Silencioso encerra programação neste fim de semana em SP

SÃO PAULO - Este fim de semana é a última oportunidade para conferir à 2ª Jornada Brasileira de Cinema Silencioso da Cinemateca, em São Paulo. Com curadoria de Carlos Roberto Souza e Lívio Tragtenberg, este último responsável pela parte musical, a mostra estará em cartaz até o domingo, 17 de agosto, com exibição de filmes resgatados do início do século 20, todos acompanhados de música ao vivo, além de palestras, debates e mesas-redondas. A entrada é gratuita.

Redação |

Segundo Carlos Roberto, em 2008 a Jornada homenageia os 80 anos do Chaplin Club, o primeiro cine clube oficial brasileiro, fundado em 1928. A vinheta está fantástica. Traz a atriz Eva Nil em sua atuação no filme Homem de Barro, de 1929, do diretor Adhemar Gonzaga, diz o curador.

À parte das exibições dos clássicos, especialistas ministram mesas redondas e palestras com o propósito de discutir temas relacionados ao universo da sétima arte.

No sábado, Lívio Tragtenberg se apresenta em acompanhamento musical do filme Limite, drama brasileiro do diretor Mário Peixoto, um dos destaques da mostra.

A Cinemateca Brasileira de São Paulo fica no largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Mariana, zona-sul. Os convites devem ser retirados diretamente na bilheteria com uma hora de antecedência.

Programação Infantil
Nesta 2ª Jornada Brasileira de Cinema Silencioso, o público infantil conta com programação especial.

No sábado, os pequenos poderão participar, das 14h às 17h, da Oficina de Teatro de Sombras, ministrada pelo grupo teatral Lendas e Luzes. Crianças de 5 a 10 anos de idade serão estimuladas a soltar a imaginação e criar seus próprios personagens para uma encenação pública, utilizando objetos óticos também confeccionados no local.

Já em 17 de agosto, último dia da mosta de cinema mudo, das 14h às 17h, acontece a Oficina de Criação de Zoo-Fenaquitiscópio, sob o comando do grupo Núcleo de Animação, de Campinas. A oficina, proposta para crianças entre 7 e 11 anos, ensina a construir réplicas de zootropo e fenaquitiscópio, brinquedos óticos do pré-cinema. O objetivo é desenvolver a consciência do mecanismo da persistência da retina.

A entrada é gratuita e cada oficina comporta 25 crianças. A comissão organizadora recomenda aos interessados chegar com uma hora de antecedência.

Veja a programação completa do fim-de-semana

Sábado, 16/08

Sala Cinemateca Bndes

17h - Debate: Restaurações da Cinemateca Portuguesa
19h30 ¿ O punho de ferro, acompanhamento musical: Ordinária Hit
21h30 - Limite, acompanhamento musical: Livio Tragtenberg

Sala Cinemateca Petrobras
16h ¿ Lucky star
18h ¿ Uma casa em Dartmoor
20h ¿ Os proscritos
21h45 ¿ Depois da morte, Devaneios

Domingo, 17/08

Sala Cinemateca Bndes

16h30 ¿ A lenda do Templo do Caranguejo, Uma história do tabaco, Ladrões do Castelo Ba-gh-da, História sem sentido, vol.1 ¿ A ilha do Macaco, acompanhamento musical: Jorge Peña
18h ¿ Pele vermelha, acompanhamento musical: Loop B
20h30 ¿ O grande desfile, acompanhamento musical: Felipe Julián, Henrique Iwao e Mario del Nunzio

Sala Cinemateca Petrobras

15h ¿ Policial
17h30 ¿ Aurora, sonorização original
19h15 ¿ Braza dormida

Serviço
2ª Jornada Brasileira de Cinema Silencioso
Quando: até domingo, 17 de agosto
Onde: Cinemateca Brasileira, largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Mariana, São Paulo
Telefone: (11) 3512-6111
Grátis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG