Bloomberg diz que não há indícios de ataque terrorista

Nova York, 3 mai (EFE).- O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, disse hoje que por enquanto "não há evidências" do envolvimento de terroristas estrangeiros na frustrada tentativa de atentado com um carro-bomba no centro de Manhattan.

EFE |

Nova York, 3 mai (EFE).- O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, disse hoje que por enquanto "não há evidências" do envolvimento de terroristas estrangeiros na frustrada tentativa de atentado com um carro-bomba no centro de Manhattan. Em declarações hoje à rede de televisão "ABC", o prefeito assinalou que os investigadores estão examinando os vídeos captados pelas câmeras dessa região e que ainda não dispõem de provas indicando a conexão dessa tentativa de atentado com grupos terroristas como Al Qaeda ou os talibãs paquistaneses que o reivindicaram. Bloomberg ressaltou que "são altas" as possibilidades de as forças de segurança nova-iorquinas prenderem os responsáveis pela colocação do carro-bomba. Acrescentou que as forças de segurança da cidade trabalham em estreita colaboração com o FBI (polícia federal americana) e a Casa Branca, além de outras agências de investigação, para localizar e deter aos responsáveis. Por sua vez, a secretária de Segurança Interior, Janet Napolitano, entrevistada também em outro programa matutino da televisão "NBC", ressaltou que os investigadores "estão seguindo todas as pistas", sem descartar a possibilidade que haja grupos estrangeiros envolvidos. EFE emm/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG