Berlim, 3 mai (EFE).- O Banco Central Europeu (BCE) anunciou hoje a suspensão dos requisitos de qualificação mínimos para a dívida soberana grega e vai continuar aceitando como garantia todos os bônus emitidos ou garantidos por esse país.

Berlim, 3 mai (EFE).- O Banco Central Europeu (BCE) anunciou hoje a suspensão dos requisitos de qualificação mínimos para a dívida soberana grega e vai continuar aceitando como garantia todos os bônus emitidos ou garantidos por esse país. A decisão do BCE acontece depois que no final de semana o Governo grego acertou com a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI) um plano de austeridade, o qual será acompanhado de um pacote de ajuda de 110 bilhões de euros. O conselho do BCE, segundo um comunicado, estudou o plano de ajuste e o considerou adequado para melhorar a situação grega e com base nisso tomou a decisão de suspender os requisitos de qualificação mínimos. Desta maneira, os bancos gregos, principais proprietários dos bônus públicos da Grécia, poderão continuar recorrendo ao financiamento do BCE. EFE rz/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.