Bando ataca policiais com tiros de fuzil no Rio

Carro blindado recebe pelo menos 10 disparos na Avenida Brasil. Vítimas têm ferimentos leves

iG Rio Janeiro |

Sem ferimentos graves, dois policiais que conduziam veículo atingido por cerca de dez tiros de fuzis já foram liberados dos primeiros socorros, segundo informações da Coordenadoria de Vias Especiais do Batalhão de Policiamento Rodoviário.

O policial militar Everton Bruno da Silva, de 28 anos, do 19º BPM (Copacabana), foi atingido por estilhaços. O PM Werter Marques, de 36 anos, que trabalha na segurança do Palácio Guanabara, ficou ferido em uma das pernas, mas o disparo, segundo a polícia, o tocou de raspão.

Os dois trafegavam no início desta manhã num Ômega prata, blindado, na avenida Brasil, nos arredores de Parada de Lucas, próximo a entrada da rodovia BR040. Homens armados num Fox prata abordaram os policiais, que aceleraram e, na fuga, foram vítimas de mais de dez disparos de fuzis. Outras mulheres que estavam no carro foram atingidas por estilhaços.

O caso está sendo investigado pela 38ª Delegacia Policial, de Irajá. Segundo a polícia, a blindagem do carro foi decisiva para salvar a vida das vítimas, que estariam voltando de uma igreja.

    Leia tudo sobre: crimepoliciaisPMRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG