(Atualiza número de mortes) Cabul, 18 mai (EFE).- Pelo menos 12 civis morreram e outras 47 pessoas ficaram feridas em atentado suicida nesta terça-feira contra um comboio da Otan nas proximidades do centro de recrutamento do Exército afegão no oeste de Cabul, segundo diferentes fontes consultadas pela agência Efe.

(Atualiza número de mortes) Cabul, 18 mai (EFE).- Pelo menos 12 civis morreram e outras 47 pessoas ficaram feridas em atentado suicida nesta terça-feira contra um comboio da Otan nas proximidades do centro de recrutamento do Exército afegão no oeste de Cabul, segundo diferentes fontes consultadas pela agência Efe. O Ministério do Interior do Afeganistão confirmou que o suicida detonou um veículo carregado com explosivos para realizar o atentado, cujo alvo era o comboio das forças estrangeiras. Fontes não identificadas citadas pela agência de notícias afegã "AIP" afirmam que o número de mortos no ataque chegou a 18, sendo oito deles estrangeiros, e os feridos somariam 25. Através de seu porta-voz, Zemarai Bashary, o Ministério informou que ainda não sabe determinar a extensão dos prejuízos causados. A explosão pode ter causado danos a 15 veículos, dois deles pertencentes às forças estrangeiras e os demais a civis afegãos. Pelo menos 14 civis foram transferidos a hospitais de Cabul com ferimentos, segundo fontes médicas. O atentado aconteceu no começo da manhã (pelo horário local) em uma região da capital afegã que abriga também o Parlamento e outros edifícios oficiais, e que sempre está muito movimentada neste horário. Algumas testemunhas disseram ter visto pelo menos dois veículos, um deles um ônibus, em chamas. A Otan emitiu um sucinto comunicado informando que "está colaborando" com as autoridades afegãs para "avaliar uma explosão que aconteceu esta manhã em Cabul". A Polícia afegã isolou a zona do atentado, acrescentou a Isaf, que prometeu divulgar "mais informações quando for possível". Os talibãs assumiram a autoria do ataque através de um de seus porta-vozes, Zabiullah Mujahid, que disse à Efe que seis veículos da Otan foram destruídos pela explosão de um veículo que levava 750 quilos de explosivos. EFE nh-ja/fm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.