Islamabad, 3 mai (EFE).- Pelo menos quatro supostos insurgentes morreram hoje em um ataque com mísseis de um avião-espião dos Estados Unidos na região tribal paquistanesa do Waziristão do Norte, na fronteira com o Afeganistão, informaram fontes de inteligência citadas pelo canal de televisão "Dawn".

Islamabad, 3 mai (EFE).- Pelo menos quatro supostos insurgentes morreram hoje em um ataque com mísseis de um avião-espião dos Estados Unidos na região tribal paquistanesa do Waziristão do Norte, na fronteira com o Afeganistão, informaram fontes de inteligência citadas pelo canal de televisão "Dawn". Pelo menos três mísseis foram lançados a partir de um avião não-tripulado contra um veículo em movimento. O Governo paquistanês não reconhece oficialmente a colaboração com os EUA neste tipo de ataque, que são cada vez mais frequentes (pelo menos 40 só no ano passado). Nos últimos meses, dezenas de mísseis foram lançados contra esconderijos de insurgentes, principalmente no Waziristão do Norte. Nesta região, um dos redutos fundamentalistas do Paquistão, buscam refúgio membros da rede terrorista Al Qaeda e insurgentes talibãs que lutam contra as forças estrangeiras desdobradas no Afeganistão. EFE igb-ilc/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.