Lobão: Governo ainda busca causas do apagão no Nordeste

Principal hipótese é de autoproteção do sistema após oscilação na corrente, mas falha humana não está descartada

Severino Motta, iG Brasília |

nullO ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, disse nesta sexta-feira (4) que o governo ainda busca uma explicação definitiva para o apagão que atingiu sete Estados nordestinos nesta madrugada. De acordo com ele, uma oscilação na corrente da substação de São Luiz Gonzaga, no município de Jatobá (PE), pode ter acionado o mecanismo de proteção do sistema, que se autodesliga para evitar danos. Apesar da hipótese, Lobão não descartou falha humana para o incidente.

“( Por um motivo desconhecido ) Um circuito do linhão ( de São Luiz Gonzaga ) se desligou. E a mão humana foi religar. Nisso, o outro linhão também se desligou, houve uma rejeição da ação mecânica daquele momento, desligando a outra linha. E o sistema entendeu que havia uma anormalidade, e se protegeu desligando-se”, disse o ministro.

De acordo com Lobão, uma reunião entre todos os órgãos federais ligados ao sistema nacional de energia vai acontecer na segunda-feira para se chegar às causas exatas da interrupção do fornecimento.

Numa coletiva em Brasília, o ministro disse que problemas menores com o sistema de segurança da rede acontecem com certa freqüência. “Muitas vezes nem percebidas”.

Questionado sobre a eficácia dos equipamentos, Lobão disse que os mesmos são novos e que problemas como o registrado no Nordeste “acontecem em todos os países do mundo”. Lobão ainda disse que, devido à interrupção de energia ter acontecido na madrugada, o impacto junto à sociedade foi menor.

Sobre a abrangência da falta de energia, Lobão disse que do Nordeste, o Maranhão, Piauí e o Oeste da Bahia teriam ficado de fora do problema. Ainda comentou que o início da interrupção foi registrada às 0h08, no horário de Brasília, tendo 100% da rede restabelecida às 5 horas.

Dilma

Lobão falou com a presidenta Dilma Rousseff nesta manhã. Ela lhe pediu que uma investigação sobre as causas do apagão fosse feita, para que na segunda-feira um diagnóstico preciso fosse formulado e alterações promovidas para que o erro não se repetisse.

    Leia tudo sobre: apagãolobãonordesteblecautequeda de energia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG