Itaipu opera normalmente após apagão; Lobão se reúne com Lula

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - A usina hidrelétrica de Itaipu voltou a operar normalmente, horas depois do apagão que afetou várias regiões do país na terça-feira. O blecaute será tema de encontro entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro de Minas e Energias, Edison Lobão, na manhã desta quarta-feira.

Reuters |

O Comitê de Monitoramento do Sistema Elétrico (CMSE), composto por autoridades do setor, também tem reunião marcada para as 16h30 desta quarta para tratar do tema.

Em sua página no site de microblogs Twitter, a administração da usina de Itaipu informou que 18 das 20 unidades geradoras estão produzindo energia para Brasil e Paraguai. Das outras duas unidades, uma está em manutenção programada e a outra em "stand by", segundo a usina.

Itaipu informou também que 10.450 megawatts de energia estão sendo transmitidos para os dois países e que colaborará na investigação das causas do blecaute.

"Indícios apontam para falha na transmissão entre o Paraná e São Paulo", informou a usina.

O abastecimento de energia elétrica foi interrompido por volta de 22h15 (horário de Brasília) da terça-feira, em pelo menos nove Estados. O problema, segundo Itaipu, ocorreu devido a uma pane nas linhas de transmissão de energia, que são conectadas à usina hidrelétrica binacional.

Uma forte tempestade poderia ter provocado o blecaute.

"Não se sabe exatamente a causa, mas imagina-se que questões atmosféricas, tempestade de grande intensidade, possam ter contribuído ou determinado o desligamento das linhas de (transmissão) de Itaipu", disse o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, a jornalistas em Brasília.

São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Pernambuco foram afetados, além do Rio de Janeiro, que, segundo o ministro, foi o Estado mais atingido. A falta de luz também foi registrada por 15 minutos no Paraguai.

(Reportagem de Eduardo Simões e Denise Luna)

    Leia tudo sobre: blecaute

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG