Governo ainda não sabe causa do blecaute, diz deputado

O presidente da Comissão de Minas e Energia da Câmara, deputado Bernardo Ariston (PMDB-RJ), informou, após encontro com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, que o governo ainda não sabe as causas do blecaute que afetou ontem à noite 18 Estados do País. Ariston disse que ele próprio estranha o fato de não haver até agora uma explicação oficial para o ocorrido, mas prefere acreditar que tenha havido um problema técnico.

Agência Estado |

O parlamentar relatou que o ministro lhe contou que ficou até de madrugada trabalhando no monitoramento do sistema de energia elétrica do País e que, assim que foi constatado que o sistema estava "íntegro", as transmissões foram religadas.

Ariston afirmou que pediu ao ministro que autorizasse deputados da Comissão de Minas e Energia a participarem da reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), marcada para o fim da tarde de hoje, mas Lobão respondeu que não será possível, por se tratar de "assunto de segurança nacional". De acordo com Ariston, Lobão se comprometeu a falar com os deputados depois da reunião.

O parlamentar disse que não é possível comparar o blecaute de ontem à noite com o apagão registrado na época do racionamento de energia, em 2001, quando a forte estiagem causou escassez de água nos reservatórios das usinas hidrelétricas. Hoje, observou Ariston, os reservatórios estão em condições normais. Ele afirmou acreditar que a causa do blecaute de ontem não seja, também, falta de investimentos no sistema de transmissão.

    Leia tudo sobre: apagão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG