Desligamento de 5 linhas causou apagão, diz Eletrobrás

BRASÍLIA - O presidente da Eletrobrás, José Antonio Muniz Lopes, disse nesta quarta-feira em entrevista à Agência Estado que o total de cinco linhas de transmissão que trazem energia da hidrelétrica de Itaipu para São Paulo se desligaram na noite de ontem, causando o blecaute em vários Estados do País.

Agência Estado |

Com isso, Muniz confirmou a versão dada mais cedo pelo presidente de Itaipu, Jorge Samek. O secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, havia dito, no entanto, que eram apenas três linhas .

Muniz explicou que foram interrompidas três linhas de corrente alternada e duas de corrente contínua. As linhas de corrente alternada funcionam como um metrô, que para em várias estações. Já as linhas de corrente contínua funcionam como um trem expresso, que vai de um ponto a outro, diretamente, sem paradas. As linhas de corrente alternada que apresentaram problemas ontem foram duas que vão de Ivaiporã (PR) a Itaberá (SP) e uma terceira que vai de Itaberá a Tijuco Preto (SP). Segundo Muniz, as duas linhas de corrente contínua saem direto de Itaipu até Tijuco Preto.

O presidente da Eletrobrás explicou que o sistema é planejado para que problemas pontuais como o de ontem sejam isolados. Assim, segundo ele, o normal seria não haver queda nas linhas de corrente contínua. "E a razão disso é algo que ainda não sabemos. Não sabemos por que as duas linhas de corrente contínua foram afetadas pelas outras que desligaram", disse. As cinco linhas pertencem a Furnas, que é uma das estatais controladas pela Eletrobrás.

Ele ainda esclareceu que não houve nenhum dano físico às linhas. Ou seja, não houve rompimento de cabo ou queda de torre. O que ocorreu, segundo ele, foi um desligamento causado por algum problema atmosférico, podendo ser o vento ou mesmo uma descarga elétrica. Muniz disse que não deve participar da reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico, marcado para as 17 horas, porque a Eletrobrás não integra o órgão.

Leia também:

    Leia tudo sobre: blecaute

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG