Contingência tripla não tem prevenção, diz Zimmermann

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O apagão que afetou 18 Estados brasileiros teve uma causa inédita e não poderia ter sido evitado, afirmou o secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, sobre a saída de três linhas de transmissão do Sistema Interligado Nacional que deixaram grande parte do país sem luz na terça-feira.

Reuters |

Segundo ele, nenhum sistema do mundo está preparado para uma contingência tripla como ocorreu entre o fim da noite de terça-feira e a madrugada de quarta-feira

"O sistema é projetado para aguentar contingência dupla. Tecnicamente os sistemas confiáveis são contigência dupla, aqui aconteceu uma contingência tripla, não se usa mais do que um sistema para contingência dupla porque é inviável economicamente", disse por telefone à Reuters."Nenhum país do mundo usa contingência tripla, garantiu.

Segundo ele, as linhas de Furnas saíram do sistema por problemas meteorológicos que afetaram a conexão com Itaipu.

"Nossas avaliações iniciais mostram que houve uma condição meteorólica forte na região de Itaberá(SP), onde passam três circuitos de Itaipu que ligam as regiões Sul e Sudeste", disse Zimmermann.

As causa serão reavaliadas na reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico, nessa quarta-feira, em Brasíla.

"Os indícios apontam para problemas climáticos, mas só as análises é que vão dizer. Isso vai ser discutido hoje no Conselho de Monitoramento do Setor Elétrico, no centro operacional do sistema, com todos os envolvidos para fazer uma avaliação", informou o secretário.

Segundo Zimmermann, o sistema voltou totalmente ao normal às três horas da manhã de quarta-feira e não há risco de novo apagão.

"O Brasil tem um dos sistemas mais seguros do mundo, com os melhores índices de confiabilidade e isso é reconhecido internacionalmente", afirmou.

Zimmerman avaliou que o apagão desta semana foi menos intenso do que o ocorrido em 1999, quando o governo de Fernando Henrique Cardoso alegou que um raio caído em Bauru teria sido a causa da falta de energia. Na ocasião, 10 Estados ficaram sem luz por quase 40 minutos, alertando para a necessidade de um racionamento entre 2001 e 2002.

    Leia tudo sobre: blecaute

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG