Celular salva brasileiro na hora do sufoco

RIO DE JANEIRO - O apagão que atingiu 18 estados na noite desta terça-feira mostrou a importância da tecnologia como alternativa a crises de infraestrutura. Com as cidades às escuras, trânsito complicado e telefones fixos congestionados ou mudos, o celular foi a saída para achar familiares e amigos, pedir socorro ou obter informações na internet, no rádio e na TV.

iG Rio |


Segundo o diretor de engenharia e operações da Oi, Francisco Santiago, o apagão provocou aumento de 15% a 30% na demanda de comunicações da operadora, incluindo o tráfego de telefonia móvel, acesso à internet, mensagens e TV digital via celular. O diretor considera o número ainda mais surpreendente se levado em conta o horário e o tempo de duração do apagão ¿ as luzes começaram a se apagar às 22h14, horário de Brasília, segundo o Operador Nacional de Sistema (ONS). Foram mais de quatro horas de apagão.

A rede absorveu bem em todos os estados e mostrou que o Brasil está preparado para enfrentar atender à demanda mesmo em momentos inesperados, diz o diretor da Oi. O País pode ter muitos problemas de infraestrutura, mas não em comunicações, completa. Francisco Santiago reconhece que houve um congestionamento fora do padrão em algumas áreas do Estado de São Paulo, mas a rede móvel permaneceu intacta. O balanço geral, segundo ele, é alentador. Este episódio serviu para alertar a população da importância da telefonia móvel e acalmá-la num momento de tormenta, avalia Santiago.

Veja o infográfico

Tecnologia para todas as horas

As conclusões do diretor da Oi são compartilhadas pelos fabricantes. Rodrigo Ayres, gerente de produto e inteligência da LG Electronics, chama a atenção para o fato de que uma tecnologia inteligente deve servir não só para o dia a dia, mas para ocasiões especiais. Caso do apagão desta terça-feira. Quando as luzes se apagaram, eu não consegui obter informações pela TV, mas pelo celular. A TV digital no celular fez a diferença, afirma.

Leia mais sobre: apagão

    Leia tudo sobre: apagãocelularoi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG