Apagão: VW deixa de fazer 1.500 carros

Com suas quatro fábricas atingidas pelo apagão, a Volkswagen deixou de produzir 1.500 automóveis e 800 motores, entre a noite de terça-feira e ontem, produção que, segundo a empresa, não será recuperada.

Agência Estado |

Na Fiat, em Betim (MG), a perda soma 185 carros ; na Honda, em Sumaré (SP), 130; e na PSA Peugeot Citroën, em Porto Real (RJ), 60. As fábricas da Volks em São Bernardo, Taubaté e São Carlos (SP) e a de São José dos Pinhais (PR) operam em três turnos e tiveram falta de energia em diferentes graus. A perda equivale a meio dia de produção: segundo a montadora, além das horas paradas, o reinício da produção é lento.

Na Fiat, o blecaute durou 45 minutos. No volume de 185 veículos que deixaram de ser produzidos estão várias carrocerias que passavam pela linha de pintura e tiveram perda total. O mesmo ocorreu com chassis da Honda, que também registrou problemas nas áreas de fundição, eletrônica e nos robôs de estamparia, pintura e usinagem. O apagão na unidade durou quase cinco horas.

Em São Bernardo, a Mercedes-Benz interrompeu o turno às 22h15, quase duas horas antes do habitual. Na MAN/Volkswagen, em Resende (RJ), foram usados geradores.

Apesar de dispor de uma central termoelétrica própria, a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) teve de desligar equipamentos secundários, como o de zincagem, e reduzir a produção em Volta Redonda (RJ). Já o alto forno teve a produção reduzida para evitar sobrecarga. A siderúrgica, que produz entre 10 mil e 20 mil toneladas de aço por dia, ainda não dimensionou os prejuízos nas cerca de duas horas em que teve de interromper a produção.

O diretor de Infraestrutura na área de energia da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Carlos Cavalcante, disse que o apagão atingiu empresas com ciclo contínuo de produção. Mas afirmou que o sistema de transmissão de energia do País se sofisticou após o apagão de 2001. "O que nos preocuparia mais seria se houvesse escassez de energia, mas não é o caso."

    Leia tudo sobre: apagão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG