Apagão paralisou usinas Angra 1 e Angra 2 no RJ

O apagão da noite passada provocou a paralisação das usinas nucleares de Angra dos Reis, no Sul Fluminense. Segundo a Eletronuclear, o blecaute provocou o desligamento do sistema de energia das usinas e, por medida de segurança, os reatores de Angra 1 e Angra 2 foram desligados automaticamente.

Agência Estado |

Com isso, as duas usinas foram desconectadas do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Para operar, as usinas precisam de uma fonte externa de energia elétrica para alimentar seus equipamentos. A previsão era de que as usinas voltem a produzir na noite desta quarta-feira. As usinas são interligadas ao sistema elétrico por duas linhas de transmissão, e ambas foram cortadas. Uma delas, de 138 KV, alimenta é considerada vital para o funcionamento.

A Eletronuclear informou que geradores de diesel foram acionados em caráter emergencial na hora do corte de energia para manter os sistemas de segurança, mas com o desligamento das bombas que refrigeram os reatores foi decretado estado de Evento Não Usual (ENU) nas duas plantas. Os reatores passaram a operar na chamada condição de "desligado a quente".

A falta de previsão de retorno do abastecimento para restabelecer a refrigeração, então feita por circulação natural de ar, fez os técnicos subirem a classificação da condição irregular para Estado de Alerta. A medida apenas visava ao aumento da atenção dos funcionário de plantão diante da falta de informações.

Com o restabelecimento da linha de 138 kV, às 0h36, a classificação voltou para ENU. O estado foi revogado às 2h05 em Angra 1 e às 4h10 em Angra 2, já com o religamento das bombas de refrigeração dos reatores.

Segundo a Eletronuclear, as usinas passaram o dia desligadas para testes. Quando acontece algum tipo de desligamento fora do previsto, os técnicos aproveitam para fazer verificações adicionais nos equipamentos. Juntas, as duas usinas do complexo nuclear de Angra têm capacidade de produzir 2 mi MW.

    Leia tudo sobre: apagão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG