Relatório aponta que sistema de transmissão que transporta energia de Itaipu ao Sudeste apresenta falhas de manutenção

selo

Ao contrário do que foi alegado na época do blecaute de novembro passado pelo governo, o sistema de transmissão de Furnas que transporta a energia de Itaipu ao Sudeste apresenta graves problemas e falhas de manutenção. É o que aponta o relatório da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sobre a atuação de Furnas no apagão que deixou 18 Estados sem luz no dia 10 de novembro do ano passado.

Com base nesse documento, a área técnica da Aneel aplicou multa de R$ 53,7 milhões a Furnas, uma das maiores já determinadas pela agência. A estatal tem dez dias para recorrer. Segundo o relatório, essas linhas de transmissão têm "necessidade urgente" de "manutenção adequada, modernização do sistema de proteção, modernização ou substituição das unidades terminais remotas do sistema de supervisão e controle e reciclagem e treinamento do pessoal de operação".

Além de cobrar providências, o relatório mostra que equipamentos do sistema de transmissão de Furnas que transporta a energia de Itaipu estavam com sérios problemas e não foram trocados ou consertados. Em dois circuitos que caíram no dia do blecaute, na linha Ivaiporã (PR)-Itaberá (SP), a Aneel ressalta que os para-raios foram classificados como "suspeitos" em estudo feito pelo Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (Cepel) entre 2004 e 2006, "e não haviam sido substituídos até o dia do blecaute". Até ferrugem os técnicos encontraram em equipamentos da rede de transmissão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.