Relatório sobre a morte de Amy Winehouse foi enviado ao endereço errado

De acordo com o jornal Sunday Mirror, polícia enviou documentos com informações sobre a cantora para um estranho

iG São Paulo |

De acordo com o jornal Sunday Mirror, a polícia britânica errou o endereço da família de Amy Winehouse ao enviar o relatório sobre a morte da cantora.

Acesse o especial Amy Winehouse

Os documentos, que continham detalhes sobre as circunstâncias da morte da artista, teriam se misturado e acabaram enviados para um estranho. Por sorte o destinatário, que não foi identificado pela reportagem, fez a coisa certa e entregou o relatório em uma delegacia de polícia do Norte de Londres.

Siga o iG Cultura no Twitter

O inquérito sobre a morte da artista será realizado nesta semana.

Amy Winehouse foi encontrada morta no dia 23 de julho em sua casa, no bairro de Camdem Town, no norte de Londres.

De acordo com um porta-voz da família da cantora, os exames toxicológicos feitos no corpo de Amy em agosto deram negativo para a presença de substâncias ilícitas .

    Leia tudo sobre: amy winehouse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG