Senadora do Tocantins protocolou denúncia-crime contra governador, citando o deputado Júnior Coimbra

A senadora Kátia Abreu (DEM) protocolou hoje à tarde, no Ministério Público Eleitoral (MPE) e na Polícia Federal (PF), denúncia-crime para apuração de tentativa de compra de apoio político à reeleição do governador Carlos Gaguim (PMDB), feita pelo deputado estadual Júnior Coimbra (PMDB) ao prefeito de Fortaleza do Tabocão, João Batista de Oliveira (PMDB).

Segundo a senadora, Júnior Coimbra teria oferecido R$ 300 mil ao prefeito em troca de apoio à sua candidatura e a do governador à reeleição. Coimbra é presidente da Assembléia Legislativa e candidato a deputado federal. João Batista é do mesmo partido de Gaguim e havia manifestado apoio a Siqueira Campos (PSDB), adversário de Gaguim na disputa pelo governo do Estado.

Na notícia-crime, Kátia ressalta que “é pública e notória” a relação de Gaguim com Junior Coimbra, o que, no seu entendimento, “demonstra que o deputado agiu a mando do governador e candidato na prática do delito”. A senadora falou com os jornalistas logo após protocolar a denúncia-crime. Disse que o prefeito a procurou há duas semanas para relatar o ocorrido.

“Eu e o prefeito fomos ao Ministério Público Federal, onde o mesmo foi ouvido pelo procurador regional, João Gabriel”, afirmou Kátia Abreu. A senadora disse ainda que ela o prefeito foram também à PF, “onde o prefeito foi treinado para gravar o aliciamento da parte dos candidatos governistas”.

E que na segunda-feira (30), por volta de 11h da manhã, o prefeito tentou fazer a gravação do “aliciamento”, mas que não foi possível porque o assunto já havia vazado. Kátia é coordenadora da campanha de Siqueira.

Outro lado

O prefeito de Fortaleza do Tabocão nega que tenha recebido proposta de dinheiro para apoiar a reeleição de Gaguim. "Não sei o que é isso, nem do que se trata. Não estou entendendo o que a senadora Kátia Abreu está querendo e fazendo, com todo o respeito que tenho por ela”, disse Junior Coimbra.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.