Alckmin minimiza movimentação de Serra no PSDB

Nos últimos dias, o candidato derrotado ao Planalto intensificou críticas ao governo federal por meio do Twitter

Agência Estado |

selo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse considerar natural a articulação do candidato tucano derrotado à Presidência da República José Serra , que vem se manifestando na rede de microblogs Twitter com duras críticas ao governo federal. Durante solenidade de entrega de 32 casas construídas pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) no Bolsão 7 do Jardim Nova República, em Cubatão, Alckmin disse que é muito natural esse tipo de articulação acontecer objetivando a mudança de comando do PSDB.

"Como a árvore cresce pela raiz, acho que é mais comum falarmos primeiro das mudanças municipais, uma vez que cada cidade deverá escolher seu Diretório Municipal em março, para depois falarmos na sucessão estadual, em abril, e depois na nacional, prevista para maio", afirmou o governador. Bem humorado, Alckmin preferiu deixar de lado as críticas ao governo federal, até porque a prefeita de Cubatão, Márcia Rosa, que foi a anfitriã do evento, é do PT.

O governador, que entregou as casas a moradores de áreas de risco na região, falou com entusiasmo sobre o projeto iniciado por Serra de remanejar toda a população que mora nas encostas da Serra do Mar, nos chamados bairros-cota -- considerados áreas de risco --, para locais seguros, "com toda infraestrutura", como o Residencial Vila Harmonia. O conjunto conta com escolas, áreas de lazer, unidades de saúde, entre outros benefícios.

Alckmin disse que até o final do ano 2 mil novas unidades habitacionais serão entregues no município para acelerar a solução problema das moradias em risco ao longo da Via Anchieta. Antecedendo o discurso do governador, o secretário de Desenvolvimento Social, Paulo Alexandre Barbosa, chegou a lembrar da catástrofe registrada na Região Serrana do Rio de Janeiro, ao destacar que "moradia segura é uma importante etapa de inclusão social".

    Leia tudo sobre: alckminserrapsdb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG