Aeroporto de Viracopos terá delegacia da Polícia Federal

Com a retomada dos voos internacionais, o número de apreensões de drogas mais do que dobrou

AE |

selo

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), vai ganhar uma delegacia da Polícia Federal com mais estrutura para combater o tráfico de entorpecentes. Atualmente a PF mantém um posto no local, mas o número de policiais é insuficiente.

Desde a retomada dos voos internacionais, em junho do ano passado, o número de apreensões de drogas mais do que dobrou. A PF passou a considerar o aeroporto a mais nova rota do tráfico internacional no País. O número de apreensões de drogas subiu de quatro em 2010 para nove este ano. Duas empresas aéreas já operam linhas regulares para o exterior, mas o número deve crescer até a Copa de 2014.

A criação da delegacia dará mais autonomia à ação policial no aeroporto, segundo o delegado responsável pelo departamento de Comunicação Social da PF em Campinas, Jessé Coelho de Almeida. O primeiro passo foi dado com a designação de um delegado federal para Viracopos.

No ano passado, a PF aumentou o número de funcionários para reduzir a espera de passageiros no setor de imigração. Almeida informou que a nova estrutura está sendo definida pela direção do órgão em conjunto com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que administra o terminal. Atualmente o aeroporto enfrenta a falta de espaço físico, mas um projeto de ampliação já obteve, para a primeira fase, aprovação dos órgãos ambientais.

    Leia tudo sobre: aeroportospf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG