Acenando ao hoje partido adversário, tucano disse que vai construir alianças para sustentar seu projeto de governo

Reuters

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, evitou falar nesta segunda-feira (13)sobre a relação com o PMDB, maior bancada no Senado e segunda maior na Câmara e principal aliado da presidente Dilma Rousseff (PT), com quem o tucano disputa o segundo turno da eleição.

"A minha relação são aquelas forças políticas que estão ao nosso entorno, não apenas políticas e partidárias, mas da sociedade brasileira", disse Aécio, em Curitiba, reiterando gratidão aos apoios recebidos na etapa final da eleição por PSB, PPS, PV, PSC e por setores de outros partidos, além do endosso da terceira colocada no primeiro turno, Marina Silva (PSB).

Aécio Neves (PSDB) participa de evento em Curitiba com Beto Richa, governador reeleito do Paraná, e os senadores eleitos José Serra e Alvaro Dias
DIVULGAção/PSB
Aécio Neves (PSDB) participa de evento em Curitiba com Beto Richa, governador reeleito do Paraná, e os senadores eleitos José Serra e Alvaro Dias


Ao mesmo tempo, o tucano disse que, se eleito, "nós vamos, sim, construir através da boa ação política a aliança necessária a dar sustentação ao nosso projeto de governo."

Na Câmara, a bancada do PMDB, partido do vice-presidente da República Michel Temer, que novamente compõe a chapa encabeçada por Dilma, está dividida no apoio à presidente e ao candidato tucano.

A divisão no PMDB não está sendo vista apenas no Congresso, com peemedebistas brigando no segundo turno pelo governo de alguns Estados ao lado de Aécio. É o caso no Rio Grande do Sul, onde Ivo Sartori (PMDB), que disputa contra o petista Tarso Genro o comando estadual, declarou apoio ao tucano. E também no Ceará, onde o PSDB é aliado formal de Eunício Oliveira (PMDB), que disputará o segundo turno com Camilo Santana (PT).

Meses atrás, a decisão na convenção nacional do PMDB de apoiar a coligação com o PT não foi unânime.

Mais: Aécio pede votos de Dilma e ironiza: 'candidata à beira de um ataque de nervos''

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.