Comércio começa a aproveitar oportunidade de negócio com a abertura do novo centro religioso da Universal

O bairro do Brás, região central de São Paulo, foi ocupado por fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus, que inaugura na noite desta quinta-feira o Templo de Salomão – um mega-espaço onde funcionará a sede mundial da igreja dirigida por Edir Macedo.

Se do lado de dentro são aguardadas autoridades e integrantes do primeiro escalão da Universal, nas ruas próximas são os fiéis que organizam e fazem a festa. Cerca de 3 mil integrantes da Força Jovem Universal formam uma espécie de cordão de isolamento nas vias próximas ao Templo de Salomão. Eles são jovens e obreiros, duas classes hierárquicas da igreja.

Negócio da fé

O comércio, é claro, aproveita o evento de inauguração do Templo de Salomão, que custou R$ 680 milhões e tem quatro vezes a área da Basílica de Aparecida (templo da igreja católica construído no interior paulista), para faturar. Uma lanchonete foi comprada por um integrante da Universal e batizada de Skina do Templo. No espaço, são vendidas réplicas em miniatura do Templo de Salomão por R$ 40 – ou três por R$ 100.

Apesar do clima festeiro, os moradores protestaram. Quem vive nas proximidades está impedido de usar a calçada da Avenida Celso Garcia (em frente ao templo) por conta do bloqueio feito pela organização da Universal. Eles precisam andar quatro quadras a mais para chegar a seus destinos. "Se fosse carnaval, ninguém ia criticar. mas como é para reverenciar a Deus, acontece isso", diz uma fiel que compõe o escudo humano.

Cronograma de visitação

Apesar da mobilização desta quinta-feira (31), apenos no dia 22 de agosto o templo terá livre acesso. A entrada, que é gratuita, só é permitida a quem tiver uma pulseirinha de identificação que pode ser retirada em um dos templos da Universal. 

A orientação é chegar sempre com duas horas de antecedência. Como todos os fiéis têm de passar por um detetor de metais, recomenda-se que os visitantes não levem bolsa (não há chapelaria) e não usem jeans (que tem aviamentos de metal). Também são proibidas roupas decotadas. 

Confira o cronograma de visitação:

22 de agosto (sexta-feira): 10 horas e 19 horas (reunião de libertação)

23 (sábado): 10 horas (jejum das causas impossíveis)

24 (domingo): 10 horas e 18 horas (reunião voltada à família e à vida espiritual)

25 (segunda-feira): 15 horas e 22 horas (corrente pela vida financeira, para abrir portas, prosperar crescer no emprego)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.