Mais de 1,2 mil internos da Fundação Casa podem votar em São Paulo

Neste ano, 64 centros se tranformaram em zonas eleitorais no Estado

Agência Estado |

Agência Estado

Cerca de 1.235 jovens que cumprem medida socioeducativa na Fundação Casa no Estado de São Paulo devem votar nas eleições municipais deste domingo (7). O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou - assim como em 2010 - a participação de internados e presos dos Centros de Detenção Provisória (CDPs).

Especial: Confira a cobertura completa do iG sobre as eleições 2012

Neste ano, 64 centros se transformarão em zonas eleitorais, com urna eletrônica e mesários indicados pelos respectivos cartórios. Elas funcionarão das 8h às 17h. Os dados sobre o número de adolescentes que compareceram para votar deve ser divulgado na segunda-feira.

As divisões regionais da Fundação Casa correspondentes à região metropolitana de São Paulo concentram 681 adolescentes votantes. Da região do litoral, são 53 adolescentes internados nas cidades de São Vicente, Guarujá, Itanhaém, Peruíbe, Diadema, Mauá e São Bernardo do Campo.

Na região sudoeste do Estado, em cidades como Bauru, Botucatu, Cerqueira César, Itapetininga e Iaras, são 202 os jovens beneficiados. A região metropolitana de Campinas, incluindo as cidades de Campinas, Rio Claro, Mogi Mirim e Piracicaba, tem ainda 87 adolescentes aptos a votar.

Leia também: Cabos eleitorais e políticos são presos por boca de urna

Na região norte do Estado, em cidades como Ribeirão Preto, Araraquara, Franca, Batatais, São Carlos, Sertãozinho e Taquaritinga, há 95 jovens votantes. Já na região oeste de São Paulo, nos municípios de Araçatuba, Marília, Mirassol, São José do Rio Preto, Fernandópolis, Irapuru, Lins, Mirassol e Tanabi, votam 77 jovens. No Vale do Paraíba são 40 adolescentes que votam nas cidades de São José dos Campos, Arujá, Guarulhos, Caraguatatuba e Lorena.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG