Em Maceió, TSE nega registro de candidatura de Ronaldo Lessa

De acordo com denúncia do MP acatada pelo TSE, candidato do PDT não pode ser candidato por não ter pago multa por propaganda antecipada em 2006

Agência Estado |

Agência Estado

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmaram na noite desta quinta-feira uma decisão que negou o registro da candidatura do ex-governador Ronaldo Lessa (PDT) à prefeitura de Maceió.

O TSE aceitou os argumentos do Ministério Público segundo os quais Lessa não pode ser candidato porque não pagou até 5 de julho, data final para o registro das candidaturas, uma multa de R$ 41 mil fixada pela Justiça Eleitoral por causa de propaganda eleitoral antecipada em 2006.

Acompanhe a cobertura iG das eleições 2012

Poder Online:  Expectativa de desistência de candidato a prefeito de Maceió

Antes do TSE, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Alagoas já tinha rejeitado o pedido de registro do ex-governador. Em tese, Lessa pode recorrer da decisão a o Supremo Tribunal Federal (STF). Se não tiver sucesso, os votos eventualmente recebidos por ele serão considerados nulos.

    Leia tudo sobre: eleições2012eleições2012alagoasronalso lessapdtmaceió

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG