Irã terá bomba nuclear dentro de meses, diz premiê israelense

Segundo Netanyahu, iranianos devem levar entre 6 e 7 meses para alcançar capacidade de produzir artefatp

Reuters |

Reuters

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou neste domingo que o Irã estaria prestes a obter a capacidade para armas nucleares em seis ou sete meses. Com isso ele acrescenta nova urgência a seu pedido para que o presidente norte-americano, Barack Obama, estabeleça uma "linha vermelha" nítida para Teerã, o que pode aumentar a pior rixa entre Israel e os Estados Unidos em décadas.

Leia também: 'Se nos atacarem, não sobrará nada de Israel', diz Irã

Levando o seu caso para o público norte-americano, Netanyahu disse em entrevistas à televisão dos EUA que até meados de 2013 o Irã terá cumprido 90 por cento do caminho em direção ao urânio enriquecido suficiente para uma bomba.

Ele instou os Estados Unidos a esclarecerem os limites que Teerã não poderia cruzar a fim de evitar uma ação militar - algo que Obama se recusa a fazer.

"Vocês têm que montar essa linha vermelha diante deles agora, antes que seja tarde demais", disse Netanyahu ao programa "Meet the Press" da NBC, dizendo que tal medida dos EUA poderia reduzir as chances de ter que atacar as instalações nucleares do Irã.

A disputa pública - conjugada com a decisão de Obama de não se reunir com Netanyahu no fim deste mês - expôs uma divisão profunda entre israelenses e norte-americanos e aumentou a pressão sobre o líder dos EUA na reta final de uma difícil campanha presidencial.

    Leia tudo sobre: irãprograma nuclearisrael

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG