Serra vai 'encerrar a carreira' em São Paulo, diz Kassab

Prefeito de São Paulo reforçou o discurso de que o tucano, se eleito, não vai deixar o cargo no meio do mandato; equipe do candidato atribui rejeição à saída de Serra em 2006

Agência Estado |

Agência Estado

Para reforçar o discurso de que, se eleito, o candidato José Serra (PSDB) não vai renunciar ao mandato para disputar outro cargo, o prefeito Gilberto Kassab (PSD) afirmou a militantes que o tucano vai "encerrar sua carreira" no município.

Pesquisa:  Serra cai 5 pontos em oito dias, indica Datafolha

Poder Online:  Para tucanos, Kassab contamina campanha de Serra

O recado do prefeito foi passado em discurso que fez na segunda-feira, em um evento de campanha no Butantã, zona oeste da capital paulista. "Agora, no fim da sua vida pública, ele resolve encerrar sua carreira sendo prefeito de São Paulo. Ele podia querer ficar em casa, podia querer disputar a Presidência da República de novo, ser governador - porque essa balela de que ele vai deixar, vocês sabem que é balela. É óbvio que não vai deixar", disse Kassab.

Leia mais:  Marta anuncia que vai entrar na campanha de Haddad

A equipe do candidato atribui boa parte de sua rejeição à renúncia ao cargo de prefeito, em 2006, para disputar o governo do Estado. A campanha tucana reafirmou que ele ficará os quatro anos à frente da Prefeitura e que o prosseguimento da carreira "é assunto para ser discutido depois de janeiro de 2017". 

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG