Haddad oficializa ex-secretária de Marta, do PCdoB, para vice

Nádia Campeão ocupará o lugar deixado pela deputada Luiza Erundina (PSB), que discordou da aliança do PT com Maluf

Ricardo Galhardo - iG São Paulo |

O pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, oficializou nesta quarta-feira (27) a escolha da presidenta estadual do PCdoB, Nádia Campeão, para candidata a vice na sua chapa, como o iG antecipou . Nádia, que foi secretária municipal de Esportes na gestão Marta Suplicy (2001-2004) ocupará o lugar deixado pela deputada Luiza Erundina (PSB-SP), que desistiu da candidatura depois que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva posou para fotos ao lado de Paulo Maluf (PP), adversário histórico do partido.

Leia também: Justiça multa Haddad e Lula por propaganda antecipada no Ratinho

Segundo o presidente do diretório municipal do PSB, vereador Eliseu Gabriel, o partido não perde espaço na coligação. "Não sai perdendo, houve só mudança de vice. O PSB continua com o peso que tem nacionalmente e na cidade de São Paulo. O importante é que Erundina só não é a vice na chapa, mas ela está com Haddad", garantiu o vereador.

Especial iG: Leia todas as notícias sobre eleição

Guia do eleitor: Tire suas dúvidas e saiba como usar a urna eletrônica

Haddad afirmou que Nadia foi escolhida por já ter figurado em outras chapas do PT, por conhecer a cidade, por já ter participado da administração de Marta Suplicy na cidade e por "demonstrar capacidade de somar". O petista acredita que Nádia poderá ainda ter um papel importante na preparação da cidade para a Copa do Mundo de 2014. "Ela é uma pessoa de muito mérito", destacou.

Calendário eleitoral: Confira as datas dos principais eventos das eleições 2012

Um setor do PCdoB ligado ao ex-ministro dos Esportes Orlando Silva defendia a indicação da deputada estadual Leci Brandão. Ela foi preterida por ter participado de um ato ao lado do também deputado Carlos Gianazzi (PSOL). Os coordenadores da campanha temeram que isso pudesse ser explorado pelos adversários.

De acordo com coordenadores da campanha petista, o fato que mais pesou a favor de Nádia Campeão foi a discrição. Em 2006, ela foi candidata a vice de Aloizio Mercadante na disputa pelo governo de São Paulo e teve comportamento considerado impecável. Depois da crise causada pela desistência de Erundina, o PT decidiu optar por um quadro político mais confiável.

Sobre a punição da Justiça Eleitoral, que o multou por propaganda antecipada, Haddad disse que respeita a decisão da Justiça, mas que pretende recorrer. "Eu respeito a decisão em primeira instância, mas ainda não é a decisão final", comentou. Ontem, a Justiça Eleitoral multou Haddad, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o SBT e o apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, em R$ 5 mil cada por propaganda eleitoral antecipada. O recurso foi apresentado pelo PSDB e pelo PPS, em razão da entrevista de Lula no dia 31 de maio ao Programa do Ratinho.

Com Agência Estado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG